A Elisabete Moutinho tinha deixado uma mensagem depois de ter desistido do programa depois do seu namorado ser expulso (ver aqui). No entanto, a instrutora de zumba veio a publico fazer duras acusações à produção do programa, a Endemol!

“Face aos acontecimentos do extra, tenho umas palavras para deixar: quando vemos televisão, no dia-a-dia, por norma temos tendência a achar que as pessoas que a representam são dignas, correctas e “de confiança”. Para muitos, a televisão trata-se de, digamos, um refúgio. Para os mais velhos uma fuga à solidão, para os mais novos um passatempo. E é verdade, a televisão trouxe-me muitas coisas boas, neste caso a TVI. Mas é triste ver aquilo que o dinheiro faz, nomeadamente tornar aquilo que deveria ser um entretenimento num autêntico “roer na casaca” de quem não se pode defender. Caíram no ridículo. Não permito que pessoas que NÃO ME CONHECEM, QUE NÃO CONHECEM A MINHA RELAÇÃO COM O BRUNO, que simplesmente NÃO SABEM NADA, insinuem coisas a nosso respeito. Nomeadamente que sou vítima de violência doméstica. Vocês não conhecem o Bruno! Repito: NÃO CONHECEM. Porque quem conhece bem, sabe aquilo que ele vale. E para o que vocês dizem, vozes de burro não chegam ao céu. Aquilo que vocês viram, foi uma atitude de uma pessoa que durante três semanas andou a ser provocado. Nunca nenhum homem me bateu, nem sequer o meu pai. Eu tolero muita coisa, sou muito paciente, mas não tolero faltas de respeito, muito menos violência. Eu e o Bruno, para inveja de muitos, somos um casal digno e muito feliz, onde o diálogo, a cumplicidade e o amor reinam, e parece que é isso que anda a fazer muita gente roer-se de inveja. Eu sou o ponto de equilíbrio do Bruno, nós temos uma relação invejável, por isso até compreendo que se estejam a dar ao trabalho de tentar arruinar aquilo que temos. Vocês não sabem nada! Fala a mulher que bate noutra dentro do carro em pleno programa de televisão? Com que moral fala a Gisela? A pessoa mais correcta, e nada explosiva, que passou pela TV. E o Flávio? Desta não esperava, mas é com estas coisas que se aprende. O Bruno é o meu porto seguro, lamento imenso que isso vos faça confusão e não consigam perceber a pessoa carinhosa que ele é comigo. Já que são pessoas tão inteligentes, espero que saibam que difamação é crime. E sabem que mais? Continuem a tentar separar-nos, não vão conseguir.
AQUILO QUE NOS UNE É MUITO MAIS FORTE DO QUE O QUE NOS SEPARA!”, disse a vencedora da Casa dos Segredos 5.