Tino de Rans formalizou ontem a candidatura à Presidência da República perante o Tribunal Constitucional. Vitorino Silva oficializou a sua corrida a Belém entregando nove mil assinaturas… num cesto de vindimas.

No entanto houve um problema com a entrega dos documentos pois as assinaturas não eram reconhecidas, porém isso não foi impeditivo de Tino de Rans formalizar o processo de candidatura e realizar o seu desejo: devolver a alegria ao povo.