A Elisabete foi massacrada a torto e a direito por Liliana, Flávia e… Teresa Guilherme (ver aqui). A jovem passou maus momentos e chorou, contudo teve sempre o apoio do Bruno (ver aqui).

Na cadeira quente que houve hoje a Liliana e a Flávia voltaram a descascar nela, mas nessa altura a jovem foi para o quarto. Mais tarde voltou a pedido da VOZ e esclareceu a situação com a jovem de 19 anos e a jovem de Sesimbra.