O Ódin sempre se mostrou na Casa dos Segredos 5 como um concorrente egocêntrico, em entrevista à revista Maria, o jovem diz que quer ser conhecido como “Ódin o manipulador, vilão e líder”.

Ódin confessa que entrou no programa para tentar no final ter oportunidades no mundo da televisão ou da moda e diz mesmo que o melhor é o pós-Casa dos Segredos, abordando então a fama com que fica depois do programa. “Sempre me identifiquei com a fama. Sou egocêntrico. Falem de mim. Bom ou não, gosto é que falem de mim”, diz o ex-concorrente.