Segundo as sondagens, o “Furacão” Bernardina prepara-se para abandonar a Casa na Gala de hoje, e regressar a Paços de Brandão, onde não reúne a melhor reputação. Segundo os vizinhos, que contam várias histórias, Bibi chegou a ser procurada pela polícia quando se preparava para fugir para Espanha.

“A Bernardina sempre foi uma miúda muito rebelde. Gostava de aventuras. É uma rapariga  virada para a frente e toda a gente diz que ela gosta de sexo. Ela já com 16 anos vinha para o largo da igreja, onde se realizam arraiais, e agarrava-se aos miúdos. Ela namorava com um rapazinho, mas quando se chateavam, arranjava logo outro”, revelou Joaquim Belinha à TV Mais.

O discurso de Manuel Magola é semelhante, até porque se sentiu prejudicado pelas atitudes da agora concorrente da Casa dos Segredos 4. “Esta mocidade está perdida. Tive de tapar um caminho que passa por trás do meu armazém, pois era uma pouca-vergonha o que se fazia ali. Ela passava aqui muitas vezes e já não ficava admirado quando a via agarrada a rapazes. Beijos e amassos eram normais com a Bibi.”

No Café Ilha, Arminda Silva não se coíbe de afirmar que a jovem de 20 anos “é uma vergonha para a freguesia e jamais devia ter atacado quem tanto lhe fez bem. Como mulher e como brandoense, sinto-me muito revoltada. É uma vergonha o que ela disse sobre nós”, acusa.

Nas ruas de Paços de Brandão, são muitos os que comentam uma alegada fuga da loirinha. Arminda Silva explica: “A polícia já andou atrás dela, pois esteve fugida de casa. Esteve numa fábrica abandonada em frente à casa dos pais, com malas prontas para fugir para Espanha com três amigas. Queria ir experimentar coisas novas. Ela teria 16 anos”. Joaquim Belinha adianta à mesma publicação que “o desaparecimento durou cerca de uma semana”. E conclui: “Ela é muito rebelde. Sai à mãe”.

Por: BlogAzul.