Com a saída do Rui ficou o “trono” sem rei, e são vários os que tentam ocupar o lugar, a Ana aos poucos vai tentando controlar as nomeações, o Bruno também já tentou a sua sorte mas não têm perfil, o Arnaldo é o que parte em maior vantagem e é aquele que mais desesperadamente quer seguir as pisadas do Rui.

Talvez siga é as suas pisadas para fora da Casa, mas isso já não sabemos. Na minha opinião a táctica deste grupo está completamente errada, tudo bem que podem combinar as nomeações só não precisam de andar o dia todo a fazê-lo dá mau aspecto e o público não gosta.

Nas outras edições sempre que havia grupos as preferências das pessoas cá fora dividiam-se entre os grupos, mas este ano não, claramente os portugueses não gostam do grupo que era do Rui e que agora o Arnaldo tenta conquistar, e não gostam talvez porque foi um grupo que não nasceu naturalmente, foi feito à força.

Vídeo da Ana e do Arnaldo a planearem as nomeações: