Mesmo com um braço ao peito o António conseguiu levar o troféu de campeão masculino da Argamassa.

O objectivo do desafio era simples saltar de pés juntos para dentro do caixote e começar de imediato a correr para evitar que a argamassa solidifique em torno dos seus pés e os imobilize. O António com todos os seus anos de experiência no campo conquistou com relativa facilidade a prova, e se tivermos em conta que ele tem um braço aleijado e que perde o equilíbrio graças a isso ainda é mais notável.

Primeiro ganhou facilmente ao contra o Hugo, e tal foi a intensidade da prova que o António até rachou o recipiente onde estava a argamassa, o Zé também esteve bastante bem e ganhou a sua prova contra o Ivo. A final foi entre o Zé Miguel e o António mas teve que ser feita utilizando um cronometro pois o António tinha partido o recipiente da argamassa e não podiam fazer a prova em simultâneo. Esta final foi intensa mas o António ganhou por 4 segundos.

Isto sim é um homem do campo…